Encontro de Povos Quilombolas da Zona da Mata PDF Imprimir E-mail

Olá Quilombolas, Parceiros e Parceiras,

 

 

Está chegando o nosso encontro regional dos Povos Quilombolas!!

Este encontro está sendo preparado pela Rede de Saberes dos Povos Quilombolas da Zona da Mata mineira (REDE SAPOQUI)

A REDE SAPOQUI nasceu com o intuito de criar e fortalecer articulações políticas e culturais que possibilitem diálogos entre diversos tipos de projetos; realizar intercâmbios entre comunidades quilombolas da Zona da Mata mineira, com intuito de contribuir para seu protagonismo e reconhecimento enquanto detentoras de direitos estabelecidos pelo Estado brasileiro a partir de lutas históricas do movimento negro no país.

A Rede foi fundada em janeiro de 2015. Suas principais ações são: identificar os povos quilombolas existentes na Zona da Mata mineira; apoiar as lutas de certificação e demarcação de terras desses povos; e realizar formações sobre questões quilombolas para a Sociedade Civil, Órgão Públicos, ONGs, Movimentos Sociais, Religiosos e Acadêmicos. Até o momento a REDE já identificou mais de 120 comunidades quilombolas na região, entre elas comunidades certificadas e em processo de reconhecimento.

Depois da REDE SAPOQUI se reunir em Muriaé, Viçosa, Ponte Nova, Colônia do Paiol, Carangola, Simonésia e Espera Feliz, chegou a hora de fazermos o grande encontro dos Povos Quilombolas da Zona da Mata mineira.

Nosso encontro será nos dias 18, 19, 20 e 21 de Agosto de 2016 no Centro Regional de Pastoral em Piranga - MG.

Nestes dias teremos debates e vivências sobre as questões que envolvem os povos quilombolas como: direito à vida, à água e à terra; educação popular; manifestações culturais; agroecologia;  assistência técnica; permanência da juventude no campo; alimentação saudável e muito mais.

Sejam bem vindos e bem vindas!! Estamos trabalhando com muita alegria para receber todos/as os/as Quilombolas e parceiros/as.

 

CUBIÇA MARINGA O PARENTE!! VAI COMEÇAR!! (Chamada de iniciação dos cânticos do Congado José Lúcio Rocha do Quilombo Córrego do Meio)

O QUE LEVAR:

Pedimos a cada participante que traga quitandas e frutas para a partilha. Trazer também sementes, mudas, artesanatos, instrumentos musicais, publicações, banner, entre outros elementos que possam nos ajudar na mística, na ornamentação, trocas e aprofundamento dos temas.

É necessário ainda, trazer roupa de cama, banho e objetos de uso pessoal.

 

 

Comissão Organizadora do I Encontro dos Povos Quilombolas da Zona da Mata mineira